"MAIOR É O QUE ESTÁ EM VÓS DO QUE O QUE ESTÁ NO MUNDO." (I JOÃO 4:4)

segunda-feira, setembro 16, 2013

"A Vida Impessoal" - 13/18



13 - AUTORIDADE
 
457. A ti, que ainda sentes o desejo de ler livros, crendo que neles haverás de encontrar alguma explicação dos mistérios que ora te ocultam o significado das expressões terrenas de Minha Ideia, a ti Eu digo: 
 
458. É bom que busques, assim, externamente, seguindo os impulsos emanados de Mim, as interpretações que outros dão ao significado que Minha Ideia expressa através deles; porque Eu farei que essa busca traga benefício para ti, ainda que não na forma em que tu o imaginas. 
 
459. É mesmo bom que busques nos antigos ensinamentos, filosofias e religiões, ou nos de tua raça e de outros povos, a Verdade que eu quero manifestar-te, pois também essa pesquisa não te será vã. 
 
460. Virá o tempo, porém, em que haverás de te dar conta de que os pensamentos de outras mentes e os ensinamentos de outras religiões, não importa quão corretos e formosos, não são o que Eu tenho em vista para ti; porque Eu reservarei para ti pensamentos e ensinamentos que são teus, e teus somente; os quais dar-te-ei secretamente, quando estiveres pronto para recebê-los. 
 
461. Quando o tempo chegar, como inevitavelmente acontecerá, em que vais te sentir insatisfeito na tua busca por entre os ensinamentos dessas várias religiões, filosofias e cultos que por ora te interessam, e quando então ficares cada vez mais desalentado ao constatares que não conseguiste te aproximar mais da meta dos poderes e do crescimento espiritual descritos com tanta autoridade e supostamente possuídos pelos autores desses livros, pelos mestres dessas filosofias e pelos promulgadores de tais religiões, então, mostrar-te-ei que, se bem que todos esses livros, ensinamentos e religiões foram originalmente inspirados por Mim e têm desempenho e seguem desempenhando sua parte para despertar os corações de muitos, não obstante, para ti, é chegado o momento em que deves cessar de recorrer a qualquer autoridade externa, e, em vez disso, limitar teus estudos ao Meu Livro de Vida, guiado e instruído por Mim, desde o interior, e por Mim somente. Se assim fizeres, sincera e honestamente, verificarás que Eu te escolhi para que sejas o Grande Sacerdote de uma religião, cuja glória e grandeza serão, em relação a todas as outras, que antes foram captadas pela compreensão que então possuías, como a luz do Sol comparada ao cintilar de uma longínqua estrela.

462. Compreenderás, também, que as antigas religiões foram dadas a Meus povos de idades remotas e que as religiões de outras raças são para Meus povos de tais raças e que, por conseguinte, nenhuma delas é para ti; ainda mesmo que Eu as haja trazido ao teu conhecimento e haja chamado tua atenção para as muitas coisas maravilhosas nelas contidas, as quais te inspiraram a uma busca mais determinada de Mim, dentro de seus ensinamentos. 
 
463. Por isso te digo: Essas coisas são do passado, e nada têm que ver contigo. O tempo é chegado, se puderes compreendê-lo, em que deves pôr de lado todo conhecimento acumulado, todos os ensinamentos, todas as religiões, toda autoridade, mesmo Minha autoridade, tal como está expressa nesta e nas Minhas outras revelações externas; porque te despertei para a consciência da Minha Presença em teu interior, despertei-te para o fato de que toda autoridade, ensinamento ou religião oriundos de qualquer fonte externa, por mais elevada ou sagrada que seja, já não poderão ter sobre ti qualquer influência, salvo se se tornarem em veículo para fazer-te voltar para dentro, para Mim, em busca de Minha autoridade final em todas as questões, seja de que natureza forem. 
 
464. Assim, pois, por que buscar nas coisas do passado - na religião, no conhecimento humano ou na experiência dos outros - a ajuda e direção que só Eu posso dar? 
 
465. Esquece tudo o que passou. O que foi está morto. Por que sobrecarregar tua alma com coisas mortas? 
 
466. Na proporção exata em que te apegares às coisas passadas, seguirás vivendo no passado e não poderás ter nenhuma ligação Comigo, que vivo no sempre presente AGORA, no Eterno. 
 
467. Na mesma proporção em que permaneceres ligado a atos, experiências, religiões ou ensinamentos do passado, eles anuviarão a visão de tua alma e Me ocultarão de ti. Eles serão um permanente impedimento na tua busca de Mim, até que te libertes de sua influência obscurecedora e dirijas os teus passos para dentro, para a Luz de Minha Consciência Impessoal, que não reconhece limitações, e que penetra na infinita Realidade de todas as coisas. 
 
468. Similarmente, o futuro não deve interessar-te. Aquele que olha para o futuro a fim de fazer o seu aperfeiçoamento final, está acorrentado ao passado e jamais se libertará, até que sua mente não mais se envolva com as consequências de seus atos, e ele Me reconheça como seu único Guia, lançando sobre Mim toda a responsabilidade.

469. Tu, que és uno Comigo, és perfeito agora mesmo, e sempre foste perfeito, não conhecendo, portanto nem juventude nem velhice, nem nascimento nem morte. 
 
470. Tu, o Perfeito, nada tens que ver com o que foi ou com o que será. Nada te interessa a não ser o eterno AGORA. Só te concerne aquilo que imediatamente tens diante de ti - quer dizer: a maneira mais perfeita de expressar Minha Ideia, aqui e agora, na condição em que Eu te coloquei propositadamente para expressão de dita Ideia. 
 
471. Quando tiveres executado o que tinhas diante de ti, por que não deixá-lo para trás em vez de continuar arrastando-o contigo, sobrecarregando tua mente e tua alma com as consequências, que nada mais são do que cascas vazias, das que já extraístes a polpa? 
 
472. Tudo isto se refere à reencarnação, a cuja crença muitas mentes estão solidamente acorrentadas. 
 
473. Que tens que ver Tu, o Perfeito, o Eterno, com passadas ou futuras reencarnações? Pode o Perfeito acrescentar algo à sua perfeição? Ou o Eterno sair de sua eternidade ou regressar a ela? 
 
474. EU SOU, e por isso Tu és - Uno Comigo -, sempre o tens sido e sempre o serás. O EU SOU de Ti mora e reencarna em TODOS os corpos, para o propósito único de expressar Minha Ideia. 
 
475. A Humanidade é meu corpo. Nele Eu vivo, me movo e tenho Meu Ser expressando a Luz Gloriosa da, Minha Ideia através dos Meus Atributos, cujo Esplendor Celestial aparece confuso e deformado para a visão humana, por causa das miríades de facetas, empanadas e imperfeitas, do intelecto humano. 
 
476. Eu - e Tu que És Uno Comigo - reencarnamos na Humanidade, tal como o carvalho reencarna nas suas folhas e sementes, na época apropriada, e, novamente, nos milhares de carvalhos, nascidos de milhares de suas sementes, geração após geração. 
 
477. Mas dizes que recordas tuas vidas passadas. 
 
478. Recordas mesmo? Estás seguro?

479. Muito bem. E então? Apenas porque Eu permiti que tivesses um vislumbre da Realidade de uma de Minhas expressões passadas, para que pudesses ter uma melhor compreensão de Minha significação, que agora te estou manifestando, não constitui isso uma certeza de Minha parte, que tu, pessoalmente, foste Meu Instrumento dessa manifestação? 
 
480. Pois não Me expresso EU, acaso, através de todos os veículos, e Tu comigo? Não Somos, Nós, a Vida e a Inteligência de toda expressão, não importa de que caráter, idade ou raça? 
 
481. Mas, se te agrada crer que tu, realmente, foste essa expressão, está bem, e Eu farei que essa crença seja de benefício para ti, mas visando unicamente preparar-te para a Grande Realização que depois haverá de vir. 
 
482. Enquanto isso, segues firmemente acorrentado. Tua personalidade, com seus desejos e aspirações egoístas, está ainda atada de pés e mãos ao passado, e olha somente para o futuro para sua libertação, até chegar à exaustão total de todas as consequências de seus atos; dominando tua mente e intelecto com essa falsa crença no nascimento e na morte, e que esse seja o único meio de que tu dispões para lograr a emancipação final e união comigo; impedindo a realização de Nossa Unidade Inalterável e Eterna, e, sobretudo, de que Tu podes libertar o teu SER, em qualquer momento que queiras. 
 
483. Porque é unicamente a personalidade que nasce e morre; e que tenta e se esforça por prolongar sua permanência no corpo e dentro da vida terrena, e retornar após a outros corpos depois que Eu já não tenho qualquer uso para seu corpo. 
 
484. É somente a esta personalidade que estás acorrentado. pelas crenças e opiniões que ela enxertou em ti desde as mais remotas idades, durante as quais tem mantido tua mente humana ocupada com tais ilusões. Somente quando conseguires elevar-te na realização de tua Divina Imortalidade, Onipotência e Inteligência, e puderes rejeitar todas as crenças e opiniões pessoais - só então poderás libertar o teu Ser desta relação pervertida e assumir teu verdadeiro posto de Senhor e Rei, Uno Comigo, sentado no trono do Ser, obrigando a personalidade a ocupar seu lugar próprio e natural como serva e subordinada, pronta e disposta a obedecer ao Meu mais leve comando, convertendo-se, dessa forma, em um instrumento digno de Meu Uso.
 
Cont...
 

2 comentários:

Isis Ludmila disse...

Linda revelação Gu!! Eu me identifica em todas as linhas desse texto!! Grata por demais!!

Namastê

Gugu disse...

Também agradeço por estar acompanhando esta série, Ísis.

Namastê!