"MAIOR É O QUE ESTÁ EM VÓS DO QUE O QUE ESTÁ NO MUNDO." (I JOÃO 4:4)

segunda-feira, abril 11, 2011

CANTO EVOCATIVO DE DEUS


Seicho-No-Ie

CANTO EVOCATIVO DE DEUS

"Ó Deus Pai, que dais vida a todos os seres viventes, abençoai-me com o Vosso Espírito!

Eu vivo, não pela minha própria força, mas pela Vida de Deus Pai que permeia os céus e a terra.

As minhas obras não sou eu quem as realiza, mas a força de Deus Pai, que permeia os céus e a terra.

Ó Deus, que vos manifestastes através da Seicho-No-Ie, para indicar o Caminho dos céus e da terra, protegei-me."




Comentário: Esta oração da Seicho-No-Ie é uma oração de auto-anulação. Objetiva anular o ego (idéia ou sentido pessoal de ser uma existência separada do Todo). Nenhum ser humano possui vida, força ou inteligência em si mesmo. Mas o homem se julga dotado de vida própria, devido aos sentidos limitados e grosseiros da matéria. Essa oração tem o intuito de desfazer esse equívoco. A vida de Deus no homem só pode ser discernida no momento em que é eliminada da mente do indivíduo a idéia de que ele possui vida, força e vontade própria. Para que Deus possa aparecer, o homem precisa ser anulado, ser visto como ilusão - deve desaparecer. Deus aparece quando o homem desaparece. Por isso essa oração da Seicho-No-Ie é uma oração de conscientização de que "a minha vida não é minha, mas de Deus". O homem, fechado na mente humana, parece ter vida própria, força própria, ideias e criatividade próprias, porém são todos limitados. Na mente, a única possibilidade é contar com ilusória a força do 'pequeno eu'. A força de Deus flui quando o ser humano, livrando-se gradativamente da mente, se anula. Deus aumenta na medida em que o homem diminui.

Essa oração, que é uma invocação da presença, força e atividades de Deus, deve ser feita atentamente, refletindo e considerando cada palavra. Peça com força, com vontade: "Abençoai-me com o vosso Espírito!". É necessário ser feita com entendimento e vontade sincera de que Deus assuma a posição/lugar ocupada pelo ego. Ao fazê-la você pode imaginar o ego saindo e deixando em você um lugar vago, um "espaço vazio", não preenchido; e imediatamente imagine o Espírito de Deus vindo, entrando e ocupando o "lugar vago" antes ocupado por aquele 'pequeno eu' que julgava-se um ser vivente. Assimile mentalmente e com clareza essa idéia, e finque-a no fundo da alma. Conscientize que você nada faz de si mesmo, mas que Deus é quem realiza as suas obras. Nenhuma oração deve ser feita de forma mecânica, recitada maquinalmente, como se a sua mera repetição bastasse para fazer ocorrer a mágica. Oração nenhuma tem vida em si mesma. A consciência daquele que ora é o que dá vida/poder à oração. Portanto, conscientize cada palavra.

O ensinamento da Seicho-No-Ie recomenda que, mesmo quando estivermos realizando atividades simples como andar, conscientizemos/saibamos imediatamente que "é o filho de Deus que está andando". Isso é o mesmo que rezar, de forma prática, o Canto Evocativo de Deus. Andando, comendo, respirando, trabalhando, conscientize que é o filho de Deus quem vive. Anule-se, gradualmente, diariamente, por meio dessas conscientizações. Até chegar o dia em que poderá discernir que "o homem não realiza as suas obras, mas Deus que permeia os céus e a terra". O homem nada faz de si mesmo, e nada é! Deus é tudo. No Taoísmo é ensinado o "agir pelo não-agir", o "fazer pelo não-fazer", explicando ser esse o Caminho. Você encontra o Caminho quando apreende a arte da "ação pela não-ação". Isso significa que, embora no mundo das aparências o homem realize coisas, jamais é ele o agente de suas ações/obras. Isso significa também que, embora no mundo das aparências o homem viva e exista, jamais é ele um ser que vive e existe. O homem não existe! Jesus dizia: "eu de mim mesmo nada posso, o Pai em mim é quem realiza as obras", "as palavras que vos digo, não as digo de mim mesmo, mas do Pai que me as envia", "quem me vê a mim, vê Aquele que me enviou", "por que me chamas de bom? Há apenas UM que é bom, e este é o Pai no céu". Jesus sempre se anulava, diminuia a si mesmo a fim de ver Deus tornar-se grande. Na Bíblia, Paulo atinge a consciência espiritual a ponto de dizer: "E vivo não mais eu, mas Cristo vive em mim". Essa é a exata função e objetivo do ser humano e da existência humana: deixar de ser, ser nada. Reconhecer que o Tao, Deus, o Pai no céu, é o todo de tudo.

O homem não existe de verdade (existe Deus!), a não ser como um reflexo na mente. Mas a mente não existe. Porém, consequentemente, a conscientização da Verdade pelo homem, produz resultados benéficos no mundo das aparências humanas. São os bens ou frutos "vindos por acréscimo". São "acréscimos", porque, no final das contas, o mundo humano não passa de um reflexo da Existência Divina na mente. O Caminho de Deus, a Verdade, é invisível aos sentidos físicos, a mente humana não o capta. Nós nunca buscamos os frutos. Buscamos sempre ser nada - buscamos apenas Deus, o Reino de Deus. O "caminho dos céus e da terra" indicado na oração não tem a ver com o mundo humano. Este deve ser anulado. Não tem a ver com o ser humano. Este também deve ser anulado. Sobra, então, somente Deus e o Reino de Deus como único Caminho e Verdade. É o Jissô, a Imagem Verdadeira.

9 comentários:

Anônimo disse...

Preciso agradecer publicamente ao dono deste blog, que não conheço. Ele ajuda muito na minha busca, bem como aos donos de outros que estão linkados aqui. Quantos livros eu teria que comprar e quanto tempo eu gastaria para ler até aprender o que aprendo aqui e nos outros blogs? Meu Deus! Sou grato!

Sinceramente, Obrigado!

Apenas um buscador

Gugu disse...

Quando ouço palavras assim sinto-me gratificado.

Espero que sua busca chegue logo ao ponto tão esperado onde queira chegar.

Obrigado pelas palavras!

Grande Abraço.

Anônimo disse...

legal. Muito bom! Gostaria se possível da interpretação de outros trechos da Sutra Sagrada da Seicho-no-ie. Muito obrigado

Gugu disse...

Pow, galera, bora se identificar aew, na hora de fazer os comentários. É meio chato ficar conversando com "anônimos"...

Quando forem fazer um comentário, cliquen na opção "Nome/URL", antes de clicarem no botão "publicar comentário".

Se não quiserem assinar com seus nomes de verdade, escolham um nick qualquer, a fim de permitir a diferenciação entre os visitantes. Do contrário, fica parecendo que é sempre a mesma pessoa comentando.

Obrigado a todos pelos comentários.

Abraços.

Gugu disse...

Anônimo,

Na medida em que as oportunidades, publicaremos mais posts sobre a Sutra Sagrada. Em minha opinião, o importante mesmo é a leitura dos livros sagrados da Verdade da Vida.

Grande Abraço.

Inácio disse...

É justa a solicitação para se identificar na hora de comentar, apenas para distinguir um comentarista do outro. É que somos meio tímidos, sabe? Rsss...

Bom, eu sou o primeiro "Anônimo" que fez o primeiro comentário agradecendo,em 13 Abril, 2011 21:54. Na hora bateu bateu gratidão sincera e eu quis expressá-la. Gratidão esta que continua.

Abraço!

Gugu disse...

Obrigado pela compreensão, Inácio.

O meu intuito é isso mesmo que voce falou. Eu só gostaria de diferenciar os comentaristas.

Grande Abraço!

Anônimo disse...

Em que parte da biblia está escrita essa oração "seicho-n...?, se nao existe evitem ensinar porque incorrem o risco de blasfemar contra o espirito santo de jeová? Que a paz de jesus esteja em nós.

Gugu disse...

Olá,

Não se trata de uma blasfêmia, e praticamente todas as partes da oração podem ser identificadas no texto da Bíblia. Vamos por partes:

"Ó Deus Pai, que dais vida a todos os seres viventes, abençoai-me com o Vosso Espírito!

Essa é fácil. Quem é o Pai que dá vida a todos os seres viventes? É o Deus Único Infinito. Ele está descrito no Gêneses, quando criou todas as coisas. Não há outro ao lado dEle.

"Eu vivo, não pela minha própria força, mas pela Vida de Deus Pai que permeia os céus e a terra."

Na Bíblia, após passar por grandes apuros e conhecer a Verdade, Paulo afirmou: "Já não sou eu quem vivo, é o Cristo que em mim vive". Também nós, quando finalmente conhecermos a Verdade, poderemos declarar exatamente o que Paulo declarou. Essas palavras estão na oração para que o praticante possa conscientizar dia após dia essa Verdade, até que ela se torne uma condição real.


"As minhas obras não sou eu quem as realiza, mas a força de Deus Pai, que permeia os céus e a terra."

Isso também está na Bíblia. Jesus disse: "Eu de mim mesmo nada posso. O Pai que está em mim é Quem realiza as minhas obras." Assim como no trecho anterior, essas palavras servem para proporcionar às pessoas a conscientização e realização desta Verdade ou Fato.


"Ó Deus, que vos manifestastes através da Seicho-No-Ie, para indicar o Caminho dos céus e da terra, protegei-me."

Essa é a única parte que talvez você não concorde, pois está escrito "Deus que vos manifestastes através da Seicho-No-Ie". Tudo bem se não houver concordância da sua parte, visto que você deve ser evangélico, protestante, testemunha de jeová, ou de algum outro segmento estrito que não admite que a Verdade não possa Se manifestar e Se fazer presente em outros ramos da espiritualidade que também surgiram no mundo: budismo, hinduísmo, islamismo, taoísmo, etc. A diferença aqui é que para nós Deus Se manifesta não apenas por meio de Jesus Cristo, mas também por outros meios que transmitem a mesma Verdade. Na superfície não parecerá a mesma coisa, mas se penetrarmos fundo nos ensinamentos, a Essência da mensagem é a mesma. E a Essência é tudo o que importa. No fim, falando numa linguagem cristã, tudo pode ser resumido a:

1)amar a Deus de todo o coração e acima de todas as coisas;
2)amar o próximo como a ti mesmo.

Obrigado pelo comentário. Grande Abraço!