"MAIOR É O QUE ESTÁ EM VÓS DO QUE O QUE ESTÁ NO MUNDO." (I JOÃO 4:4)

sábado, março 01, 2008

Seicho-No-Ie: HOMEM

O poema continua... Sutra Sagrada - Chuva de Néctar da Verdade


HOMEM

Eu sou a Verdade,
sou o Anjo enviado pela Verdade.
Sou a Luz que emana da Verdade,
sou a Luz que extingue a ilusão.
Sou o Caminho;
aquele que cumpre Minha Palavra não se afasta
do Caminho.
Sou a Vida;
aquele que bebe em Mim não adoece, não morre.
Sou a Redenção;
aquele que chama por Mim será remido e viverá
no Reino de Deus.

Tendo assim pregado o Anjo, torna o Querubim a indagar:
"Mestre, esclarecei a natureza real do homem".

Responde o Anjo:

O homem não é matéria,
não é corpo carnal,
não é cérebro,
não é célula nervosa,
não é glóbulo sanguíneo,
não é soro sanguíneo,
não é célula muscular,
nem é o conjunto de tudo isso.

Conhecei bem a Essência do homem:

o homem é Espírito,
é Vida,
é Imortalidade.
Deus é a Fonte Luminosa do homem
e o homem é Luz emanada de Deus.

Não existe fonte luminosa sem luz,
nem existe luz sem fonte luminosa.

Assim como luz e fonte luminosa são um só corpo.
Deus e o homem são um só corpo.

Porque Deus é Espírito, o homem também é Espírito.
Porque Deus é Amor, o homem também é Amor.
Porque Deus é Sabedoria, o homem também é Sabedoria.

O Espírito não é peculiar à matéria,
O Amor não é peculiar à matéria,
A Sabedoria não é peculiar à matéria.

Portanto, o homem que é Espírito, que é Amor, que é
Sabedoria, nada tem a ver com a matéria.

O homem verdadeiro,
porque é Espírito,
porque é Amor,
porque é Sabedoria,
porque é Vida,
é incapaz de pecar,
é incapaz de adoecer,
é incapaz de morrer.

Tanto o pecado,
como a doença,
como a morte,
nada mais são que pesadelos vossos.

Conscientizai a Imagem Verdadeira da Vida.
Conscientizai o Homem Real que é vossa Imagem Verdadeira.

O Homem Real é Homem-Deus,
é a própria imagem de Deus.
O que morre não é Homem Real.
O que peca não é Homem real.
O que adoece não é Homem Real.

Homens da face da Terra, eu vos digo:
conscientizai a natureza verdadeira de vós próprios.
Vós próprios sois o Homem Real e nenhuma outra coisa.

Portanto, o homem, quando visto pelos olhos da Verdade,
é aquele incapaz de pecar,
é aquele incapaz de adoecer,
é aquele incapaz de morrer.

Há quem diga "Pecador! Pecador!".
Deus não criou pecador algum;
por isso, neste mundo não existe um pecador sequer.
O pecado é contrário à natureza verdadeira de filho de Deus,
a doença é contrária à natureza verdadeira da Vida,
a morte é contrária à natureza verdadeira da Vida;
pecado, doença e morte não passam de sombras das ilusões da mente
que, em sonho, imagina coisas inexistentes.

No mundo absoluto de Deus,
Deus e Homem são um só corpo,
Deus é a Fonte da Luz
e o homem é a Luz emanada de Deus.

A ilusão fundamental que faz o homem ter o pesadelo
de que o pecado, a doença e a morte são existências
verdadeiras surgiu, em tempos remotos, da teologia
segundo a qual o homem é feito do pó da terra,
e,nos dias atuais, da ciência moderna segundo a qual
o homem é feito de matéria.
Isso constitui a ilusão inicial que leva o homem a
imaginar o pecado, a doença, e a morte.

Quando se destrói essa ilusão inicial, é destruída a
causa fundamental do pecado, da doença e da morte
e estes voltam ao nada original.

Ao lerdes e conhecerdes a Verdade,
se sois curados de doenças,
é porque se destrói a ilusão inicial.

Não existindo a ilusão inicial,
não existirá ilusão seguinte.
Não existindo ilusão alguma, porque o homem é
originariamente puro,
mesmo que deseje pecar, é incapaz de pecar;
não existindo ilusão alguma, porque o homem é livre de doença,
mesmo que deseje adoecer, é incapaz de adoecer.
Não existindo ilusão alguma,
porque é originariamente Vida eterna,
é incapaz de morrer.

Portanto, homens da face da terra, procurai com fervor
o vosso corpo verdadeiro, que é Espírito;
não procureis na matéria nem na carne, que são
produtos de ilusões.

Cristo disse " O Reino de Deus está dentro de vós".

Em verdade, em verdade, vos digo:
"Dentro de vós" é a "natureza verdadeira do homem",
é o homem Real.

"Dentro de vós", isto é, a "natureza verdadeira", é
Homem-Deus.
Por isso, somente "dentro de vós"
existe o Reino de Deus.

Aquele que o procura no exterior é um perseguidor
de ilusões e não consegue alcançar jamais o
Reino de Deus.

Aquele que procura alcançar o Reino de Deus na
matéria é um perseguidor de ilusões e não consegue
edificar jamais o Reino de Deus.

Cristo disse também:
" O meu reino não é deste mundo".

O Reino deste mundo não passa de simples sombra.
O Reino paradisíaco existe somente no interior.
Somente reconhecendo no interior o reino paradisíaco
aparecerá no exterior o reino paradisíaco como
projeção desse reconhecimento.
Somente reconhecendo no interior a Vida de Saúde infinita
aparecerá externamente, no corpo, a saúde perfeita
como projeção desse reconhecimento.

Os cinco sentidos do homem não vêem senão o
"mundo da projeção".
Desejando purificar o "mundo da projeção", deveis
purificar a matriz da mente e eliminar as nódoas da
ilusão.

Eu vi que o mundo da matéria é realmente efêmero;
vi que o mundo da matéria nada mais é que sombra.

Vi também que o homem é Luz emanada de Deus.
Vi também que o corpo é apenas sombra da mente.

A matéria nada mais é que sombra em mutação,
semelhante a sombra correntia do caleidoscópio.

Portanto, vendo a sombra, não a considereis Realidade.
O homem, na sua essência, é Homem Deus,
é Espírito, eterno, indestrutível e imortal,
e não é máquina feita de matéria,
nem é matéria preexistente, em que se alojou o espírito;
tal dualismo é totalmente errôneo.

A matéria é, antes, sombra do espírito, produto da mente,
assim como o casulo é produto do bicho-da-seda.
Não é no casulo preexistente que se aloja o bicho-da-seda;
o bicho-da-seda é que, expelindo o fio, constrói o casulo e
nele se aloja.

Também o homem, cuja natureza real é Vida-Espírito,
forma o casulo de carne tecendo os fios da mente
e nele instala a si próprio;
somente então o Verbo se faz carne.

Sabei claramente que o casulo não é o bicho-da-seda;
portanto, que a carne não é o homem e não passa de
casulo do homem .
Em chegando a hora, assim como o bicho-da-seda rompe
o casulo e alça vôo como inseto adulto,
o homem também rompe o casulo de carne e ascende ao
mundo espiritual.

Não façais, em absoluto, da morte do corpo a morte do
homem.
Porque o homem é Vida,
jamais conhece a morte.
Segundo a mente,
segundo a oportunidade,
segundo a necessidade,
manifesta no corpo e no ambiente variadas situações.
Porém a Vida em si não adoece,
a Vida em si não morre;
segundo a mudança da mente, livremente podeis
modificar vossa saúde e vosso ambiente.
Porém, chegará por fim a hora
em que a Vida não mais necessitará do casulo de carne.

Neste momento,
a Vida romperá o casulo de carne e ascenderá a um
mundo de muito maior liberdade.
Não façais disso a morte do homem.
Porque a essência do homem é Vida,
jamais lhe ocorre a morte.

Enquanto assim fala o Anjo,
ouve-se ecoar no céu uma sublime música angelical,
caem pétalas, não se sabe de onde, como que
glorificando as Verdades pregadas pelo Anjo.

(Fim da sutra sagrada)

"Rogamos que as santas bênçãos desta Sutra
se estendam a todos os seres vivos. E que nós,
juntamente com todos eles, consigamos manifestar
a Imagem Verdadeira."

Autor: Masaharu Taniguchi

Um comentário:

Mizi disse...

A sutra da seicho no ie é muito poderosa, mas é preciso tomar muito cuidado. É preciso muita sabedoria, e entendimento para interiorizar essas palavras, sob pena de sermos esmagados pela própria força da verdade. Como seria isso? O conhecimento sobre a Verdade e a ilusão nos dá o poder para afastarmos os fantasmas, as ilusões, quando elas nos aparecem e infernizam nossa vida. E nisto reside a sabedoria: usar a sutra para devolver os fantasmas ao nada existencial que eles representam.

O perigo que nos esmaga é achar que os fantasmas são reais e não cuidar para afastar alguma ilusão que tenha surgido em nossas vidas. Dessa forma, a ilusão vai se alojando dentro de nós e nos esmagando com o próprio peso da verdade. A sutra tem um enorme poder, mas ainda assim é preciso ter muita sabedoria para distinguir aquilo que é ilusão e aquilo que é verdade, sob pena de tomarmos uma pela outra, sem percebermos e sermos esmagados acreditando que tudo é verdade, que tudo é perfeito, mesmos as ilusões disfarçadas que nos prejudicam.

A sutra não deve ser usada como desculpa para quem pratica a injustiça e a iniquidade, poi tais sofistas dirão que tudo é perfeito, e que as coisas que fazem sao perfeitas, pois não existe o pecado. No entanto, estão sendo esmagados pela força da sutra ao passo que não distinguem o que é ilusão do que é verdade. Saberiam eles que suas ações são más e que não têm existência. O poder nos é dado para afastar a falsa existência da ilusão e não para justificá-la e deixá-la alojada no nosso mundo.

A sabedoria é dom de Deus e a Verdade sem a Sabedoria não é verdade, mas sim outra mentira, outra ilusão.

Como a própria sutra diz: sabedoria e imagem verdadeira são uma só.

Oremos e meditemos para manifestarmos nossa imagem verdadeira e nossa sabedoria, pois a pretensa intelectualidade das coisas verdadeiras são capazes de nos matar ainda mais.


Obs: esses ensinamentos da seicho no ie parecem que caíram como uma luva. Vieram no momento certo e no lugar adequado.

Abraços a todos!