"MAIOR É O QUE ESTÁ EM VÓS DO QUE O QUE ESTÁ NO MUNDO." (I JOÃO 4:4)

quarta-feira, julho 29, 2015

O Ser Absoluto

- Mooji -

O Absoluto não pode realmente ser conhecido.
Ele não pode ser conhecido fenomenalmente, como uma coisa que conhece outra coisa, pois não é um objecto de qualquer espécie.
Ele não pode ser conhecido dessa maneira porque você, você mesmo, é ele.
O núcleo do seu ser é esse Ser Absoluto, absolutamente.

Você tem pensado que você é um tipo particular de pessoa de um determinado país, e que têm meditado e praticado para chegar ao Absoluto. Mas aquele que aparentemente está fazendo todas estas coisas é apenas uma identidade que é criada ou imaginada no Absoluto.
Não é o Absoluto.

O Absoluto, que é a consciência imutável, está por trás de tudo isso.
Na verdade, não está por trás de nada e também não está na frente de nada, não está no meio de nada, nem do lado de fora de nada.
Nenhum destes termos se aplica a Ele.
E, no entanto, não é um mistério.
Se é um mistério, então, para quem é um mistério?
Aquele para quem é um mistério é apenas uma aparência surgindo na consciência pura.
A partir do reino da mente, o Absoluto não pode ser apreendido.
Ninguém pode apreende-lo.

Ser capaz de compreender algo que não está dentro da bolha da mente é quase impossível.
É igualmente difícil para a consciência, que assumiu a forma humana, ser o que é e ver através da ilusão de que não é a forma do corpo, mas pura consciência.
Poderia ser dito ser o maior desafio ou convite na vida: discernir o real do irreal e descobrir sua natureza eterna.

Quando você é guiado por um verdadeiro mestre/professor ou pela graça de Deus/Ser, tudo torna-se sublimemente simples.
Se minhas palavras ressoam em você, então pegue o que acabei de dizer e deixe tudo mais; vá para casa e não deixe ir o que eu lhe disse.
Tudo o que é necessário está encapsulada nestas palavras.
Continue a pensar sobre elas, continue contemplando e elas vão guiar você até em casa e o libertar.
Conforme esta flor for abrindo sua fragrância dentro de você, ela vai explodir com tudo o que não é verdade.


2 comentários:

Silvano disse...

Personificações do Ser Absoluto,
Permitam-me comentar este texto.
Foi dito: “O Absoluto não pode realmente ser conhecido. Ele não pode ser conhecido fenomenalmente, como uma coisa que conhece outra coisa, pois não é um objeto de qualquer espécie. Ele não pode ser conhecido dessa maneira porque você, você mesmo, é ele. O núcleo do seu ser é esse Ser Absoluto, absolutamente.”
Eis um texto nuclear!
“Nuclear” no sentido de que provém da Essência, Fonte ou Núcleo do Ser Real.
Esta é uma percepção consciencial que está sendo compartilhada pelo próprio Ser, Aquele que na Representação divina aparece como Mooji. E está sendo compartilhada com o próprio Ser, Aquele que na Representação divina aparece como o seu personagem ou como o meu. Isto porque há apenas o Ser único que na Representação divina aparece como muitos. Foi dito que Ele, o Ser Absoluto “não pode ser conhecido fenomenalmente.” A Representação divina é o mundo fenomenal. Os seres deste mundo fenomenal, que são personagens do Ser, não podem conhecer o Ser Real, porque a partir do irreal não é possível conhecer o real.
Contudo a real identidade dos “personagens do Ser” é o Ser, o Ator que os representa, o Ser Absoluto! Se é verdade que “Ele não pode ser conhecido fenomenalmente” também é verdade que Ele pode ser conhecido absolutamente, ou seja, Ele pode ser conhecido por Si mesmo!
Sendo a real identidade dos “personagens” o Ator que os representa, é esse Ator Quem Se conhece! Nesse sentido é perfeita a percepção compartilhada de que “O núcleo do seu ser é esse Ser Absoluto”.
Notem bem! O núcleo do Ser que na Representação divina aparece como Mooji é esse Ser Absoluto. E da mesma forma, o núcleo do Ser que aparece como você ou como eu é esse mesmo Ser Absoluto.
Assim, a percepção consciencial que está sendo compartilhada pelo próprio Ser, que na Representação divina aparece como Mooji, está sendo compartilhada com o próprio Ser, que na Representação divina aparece como o seu personagem ou como o meu.
É o que a partir desse Núcleo do Ser em nós que percebo, desfruto e compartilho.
Namastê.

Gustavo disse...

Divino Amigo,

Esta semana estive assistindo uns vídeos do Mooji, em especial um que ele conversa com um entrevistador que segue os ensinamentos de Um Curso em Milagres.

Nesse vídeo, Mooji diz algo muito significativo, que tem a ver com o que foi comentado pelo Silvano. Ele diz:

"Uma vez, em satsang, uma pessoa me disse: 'Mooji, às vezes eu penso que Deus está brincando comigo' (playing with me). E eu disse: 'Bem, para mim, Deus não está brincando com você, Ele está brincando como você' (playing as you). Tudo o que aparece dentro da Consciência - meu corpo, pessoas, incluindo crenças e personalidades - todos são instrumentos da Consciência, e não a Consciência em si. Eles não estão no controle, a Consciência está no controle."

Da mesma forma, Deus, a Consciência, o Ator, está aparecendo como cada personagem no mundo que pode ser conhecido fenomenalmente. A representação teve sua origem a partir do Ator. Todos os conceitos que existem na representação também tiveram origem no Ator, nAquele que é Real, Absoluto. O que é um conceito, por sua própria natureza, não pode alcançar/compreender o Absoluto. Somente o Absoluto percebe e compreende o Absoluto.

grato por sEu comentário!

Namastê!