"MAIOR É O QUE ESTÁ EM VÓS DO QUE O QUE ESTÁ NO MUNDO." (I JOÃO 4:4)

sexta-feira, julho 17, 2015

100 declarações de Sai Baba de Shirdi - 1/4

- Shirdi Sai Baba -


- Por que temer, se Eu estou aqui?

- Eu sou sem forma e estou em todos os lugares

- Eu estou em tudo e, ainda, mais além. Eu preencho todo o espaço.

- A totalidade de tudo o que você puder ver sou eu mesmo.

- Eu não tremo e nem me movo.

- Se alguém dedica todo o seu tempo para mim e descansa em mim, nada precisa temer para o corpo e a alma.

- Se alguém vê a mim e somente a mim, e ouve/compreende as minhas "Leelas", e se dedica apenas a mim - este alcançará Deus.

- Meu negócio é conceder bênçãos.

- Jamais fico com raiva de alguém. Pode uma mãe ficar brava com seus filhos? Acaso o oceano envia de volta suas águas aos incontáveis rios?

- Eu o conduzirei até o fim.

- Renda-se completamente a Deus.

- Se você fizer de mim o único objeto de seus pensamentos e objetivos, você atingirá a meta suprema.

- Confie no Guru totalmente. Esse é o único sadhana.

- Eu sou escravo do amor de meus devotos.

- Firme-se em mim e esteja quieto. Eu cuidarei de fazer resto.

- Qual é o nosso dever? É nos comportar corretamente. Isso é o suficiente.

- Meus olhos estão sempre sobre aqueles que me amam.

- Confie em Mim e sua oração será atendida.

- O que quer que você faça, onde quer que você esteja, tenha sempre isso em mente: Eu estou sempre ciente de tudo o que você faz.

- Eu jamais vou permitir que os meus devotos sofram algum mal.

- Se um devoto está prestes a cair, eu estendo minhas mãos para apoiá-lo.

- Eu penso sempre em meu povo. Digo seus nomes vezes e mais vezes.

- Os meus tesouros estão abertos, mas ninguém vem com "carrinhos" para os retirar e comportar. Eu digo "cave!", mas ninguém realmente se importa.

- Meu povo não vem a mim por vontade própria; sou eu quem os procura e os trago para mim.

- Tudo o que se pode ver é a Minha forma: a formiga, o mosquito, o príncipe, o indigente.


2 comentários:

Silvano disse...

Foi dito: "A totalidade de tudo o que você puder ver sou eu mesmo."

Na frase há um "voce" [na expressão voce puder] e um "eu" [eu mesmo]. O interessante é notar que o "voce" como uma identidade separada do Eu [do Ser] só surge quando há um pensamento sobre esse "Eu"; e nesse caso quem está pensando é você mesmo. Porém, quando voce medita tudo o que aparece sou apenas Eu mesmo.

Assim, meditando, torna-se evidente perceber que: "Eu apareço como."



Gustavo disse...

Namastê, Silvano!

A realidade de que "Eu apareço como" é uma percepção.

Tenho percebido que, sempre que há pensamento, (num primeiro momento) não há percepção.
Quando a percepção está presente, não há espaço para o pensamento, pois a percepção ocupa o espaço na mente/consciência que estaria sendo utilizado para "pensar". Depois, quando a percepção está firmada, pensamentos podem ocorrer sem que a percepção se desvaneça. Uma vez estabilizada a percepção, surge uma "harmonia" permitindo a ocorrência simultânea da percepção e do pensamento. E os pensamentos que ocorrem aqui parecem ser diferentes daqueles pensamentos que estavam impedindo o surgimento (ocupando o lugar) da percepção.

"Os Meus pensamentos não são os teus pensamentos"
"Aqueta-te e saiba: Eu sou Deus".

Namastê!!!