"MAIOR É O QUE ESTÁ EM VÓS DO QUE O QUE ESTÁ NO MUNDO." (I JOÃO 4:4)

quarta-feira, abril 23, 2014

O Caminho para Deus


 Sathya Sai Baba


As preces devem emanar do coração, onde Deus habita, e não na cabeça, onde as doutrinas e as dúvidas se chocam.

Todos estamos trilhando o caminho para Deus, mas alguns têm mais consciência dessa viagem do que outros. Alguns vagam numa corrente preguiçosa, enquanto outros se lançam ao seu destino como que guiados por uma bússola.

Pode uma pessoa ensinar meditação a outra? É possível ensinar a postura, a posição das pernas, pés ou mãos, a forma e o ritmo de se respirar...

Meditação é uma atividade do mais íntimo do ser humano, ela envolve uma profunda quietude subjetiva – o esvaziamento da mente e o encher-se com a luz que emerge da divina chama interior. É uma disciplina que não se ensina em livros...

Como começar?

Se você algumas vez contemplou com deslumbramento uma noite estrelada ou se maravilhou com o milagre de uma flor silvestre, você já começou a meditar.

A Graça de Deus é concedida a cada devoto conforme o nível de sua consciência espiritual.

O oceano é vasto e ilimitado, mas a quantidade de água que você pode pegar dele é determinada pelo tamanho do recipiente que você leva até suas margens. Se o recipiente for pequeno, você não pode enchê-lo além de sua capacidade limitada. Do mesmo modo, se seu coração estiver contraído, a Graça Divina será igualmente limitada.

Abra seu coração libertando-se das diferenças restritas e, assim, reconheça a verdade de que o Divino habita em todos.

Se os homens conhecessem o caminho para a alegria e a paz permanentes, eles não vagariam, distraídos, pelas alamedas do prazer sensual. Da mesma maneira como a alegria sentida nos sonhos desaparece quando você desperta, a alegria sentida quando você está acordado também desaparece quando você desperta para a consciência mais elevada.

Faça o melhor uso do momento presente para se tornar consciente da Divindade latente em tudo. Quando morrer, você não deve morrer como um animal ou um verme, mas como um homem que percebeu que é um Deus.

Tudo é divino. Quando você está seguro da sua divindade, você, então, certamente reconhecerá a divindade do próximo.

O amor não age com interesses; o egoísmo é falta de amor. O amor vive de dar e perdoar e o egoísmo vive de tomar e esquecer.

As palavras têm tremendo poder. Elas podem incitar emoções e podem acalmá-las. Elas comandam, enfurecem, revelam ou confundem.

São forças poderosas que trazem à tona grandes reservas de energia e sabedoria. Tenha, portanto, fé no nome do Senhor e repita-o sempre que puder.

Comece o dia com amor.
Viva o dia com amor.
Preencha o dia com amor.
Termine o dia com amor.

Esse é o caminho para Deus.

E, complementando este ensinamento, Sai Baba disse:

"Manmanaa bhava madbhaktho, mad yaagiee, maam namaskuru". Este mandamento do Senhor significa exatamente isto: "Mantenha firmemente em Mim sua mente; seja sinceramente devotado a Mim; proste-se diante de Mim, oferecendo-me todos os seus pensamentos, palavras e ações; ame-Me constantemente." Com estas palavras Ele deixou claro que o que mais deseja de você é mente pura e amor imaculado.

Enquanto imerso em sua "hominitude", você não pode atingir sua própria "divinitude". Você tem de atingir esta para poder alcançar o estado de Plenitude Divina. Para ver o escuro você só precisa ter o escuro. Para ver a luz, você precisa de luz. Para compreender a Inteligência você precisa ser inteligente. Se estiver constantemente ativo quanto às coisas humanas, como pode vir a conhecer a Glória da Divindade? Para tornar-se Divino você tem que fazer morada na memória do Divino, agir divinamente, comportar-se divinamente. O critério, o ambiente, o sentimento - tudo deve ser coordenado para este único propósito. Somente então o princípio pode ser apreendido.


2 comentários:

Silvano disse...

Meus Amigos,
Aquele [Ser divino] que aparece como o divino personagem Sai Baba disse:
"Faça o melhor uso do momento presente para se tornar consciente da Divindade latente em tudo. Quando morrer, você não deve morrer como um animal ou um verme, mas como um homem que percebeu que é um Deus."
Aquele [Ser divino] que aparece como o divino personagem Masaharu Taniguchi falando sobre os ensinamentos dAquele [Ser divino] que aparece como o divino personagem Sakyamuni disse:
“Tudo quanto existe é expressão da Vida de Buda. Essa mudança radical de visão de mundo é o que constitui o despertar espiritual.” E disse que: “todos os seres, dotados de sentimento ou não, são manifestações da Vida de Deus e que montes, rios, plantas, terra, enfim, tudo quanto existe é manifestação da sabedoria divina.”
Aquele [Ser divino] que aparece como a divina personagem Isis Ludmila falando sobre um texto dAquele [Ser divino] que aparece como o divino personagem Omraam Mikhaël Aïvanhov comentou:
“Lindo texto!! Em palavras e analogias diferentes, mas tão profundo quanto todos os outros ensinamentos!!”
Aquele [Ser divino] que aparece como o divino personagem Gustavo falando sobre o comentário dAquele [Ser divino] que aparece como a divina personagem Isis Ludmila disse:
“você soube reconhecer, então parabéns pela percepção! Tudo de profundo que você soube reconhecer (fora) é porque você acessou em você (dentro).”
Aquele [Ser divino] que aparece como este divino personagem falando sobre o comentário dAquele [Ser divino] que aparece como o divino personagem Gustavo diz:
“Se já percebe que Deus é Amor [se já reconhece esse Amor fora de você]
Comece esse dia com Amor;
Preencha o dia com Amor;
Termine o dia com Amor;
Assim perceberá Deus [dentro de você]!”
Isto porque Aquele [Ser divino] que aparece como outro divino personagem é o [Ser divino] EM VOCÊ que te faz perceber Aquele mesmo [Ser divino] aparecendo como algum OUTRO...
E é assim exatamente porque: “Tudo de profundo que você soube reconhecer (fora) é porque você acessou em você (dentro).”
Acesse Aquele [Ser divino] EM VOCÊ e perceberá que é Ele Quem Se percebe EM TUDO e EM TODOS...

Namastê!

Gugu disse...

Como diria o nosso amigo Paulo: "É mais que isso!"

Acrescentando a tudo o que foi dito, Aquele [Ser divino] que aparece como Sai Baba, disse:

"Manmanaa bhava madbhaktho, mad yaagiee, maam namaskuru". Este mandamento do Senhor significa exatamente isto: "Mantenha firmemente em Mim sua mente; seja sinceramente devotado a Mim; proste-se diante de Mim, oferecendo-me todos os seus pensamentos, palavras e ações; ame-Me constantemente." Com estas palavras Ele deixou claro que o que mais deseja de você é mente pura e amor imaculado.

Enquanto imerso em sua "hominitude", você não pode atingir sua própria "divinitude". Você tem de atingir esta para poder alcançar o estado de Plenitude Divina. Para ver o escuro você só precisa ter o escuro. Para ver a luz, você precisa de luz. Para compreender a Inteligência você precisa ser inteligente. Se estiver constantemente ativo quanto às coisas humanas, como pode vir a conhecer a Glória da Divindade? Para tornar-se Divino você tem que fazer morada na memória do Divino, agir divinamente, comportar-se divinamente. O critério, o ambiente, o sentimento - tudo deve ser coordenado para este único propósito. Somente então o princípio pode ser apreendido.


Namastê!