"MAIOR É O QUE ESTÁ EM VÓS DO QUE O QUE ESTÁ NO MUNDO." (I JOÃO 4:4)

terça-feira, abril 01, 2008

Sutra para cura espiritual - 03

SEICHO-NO-IE


O Anjo continua a pregar:

Porque Deus é Bem e porque tudo é extensão de Deus,

a harmonia está presente em todos os lugares;

embora a desarmonia pareça existir,

ela não é existência verdadeira.

Entretanto, quando se imagina a desarmonia e nela se fixa a mente,

ela se manifesta como projeção da mente.

Temendo-se o contágio de uma doença,

ela se manifestará como projeção do temor.

Dizendo-se a alguém sensível que há uma taturana em seu pescoço,

surgirá irritação na sua pele, mesmo que não haja taturana alguma.

Dizendo-se a ele que não há taturana alguma, a irritação logo desaparecerá.

As inflamações de órgãos internos não diferem

da irritação causada pela taturana imaginária.


Acreditando-se que há micróbios patogênicos em determinado órgão,

nele surgirá inflamação,

mesmo que não haja micróbio algum.

Crendo-se que nele não há micróbios,

a inflamação logo desaparecerá,

surgindo condição imprópria para a permanencia de micróbrios patogênicos.


Portanto, mesmo a um doente com moléstia de causa microbiana,

não deves dizer que nele parasitam micróbios.

Se disseres ao enfermo que não existem micróbios,

ele se tranquilizará pelo poder da palavra;

a tranquilidade trará equilíbrio mental,

o equilíbrio mental desfará a inflamação,

e num corpo sem inflamação será difícil permanecerem micróbios patogênicos.

Portanto, a um doente dize:

"Tu és Espírito, e não matéria!".

No Espírito, é impossível parasitarem micróbios.

Espírito é Deus, e é impossível Deus adoecer.

O Espírito não é regido por leis da matéria.

O trabalho excessivo causa estafa, desgaste ou doença

somente a quem se sujeita às leis da matéria.

Tu, que és Espírito, não és regido por leis da matéria.

Se, por excesso de trabalho, ficas esgotado, cansado ou doente,

isso nada mais é que concretização da tua crença de que

"o homem é um acúmulo de energia física que se esgota com o excesso de trabalho".

Mudando-se a crença,

desaparece a estafa

e aparece a Imagem Verdadeira da Vida,

que é saudável.


Por natureza, a Vida é dinâmica e não estática.

Logo, o homem não se cansa, nem adoece

quando está em atividade segundo a natureza da Vida.

A Vida, quanto mais trabalha, mais manifesta a saudável Imagem Verdadeira.

O homem, sendo de natureza espiritual, é governado somente por leis do Espírito.


Entre as leis do Espírito não há lei da fadiga nem lei da doença,

mas unicamente leis da saúde.

Portanto, seja qual for o sintoma que se manifeste em teu corpo,

afirma categoricamente que a doença não existe,

que ela não passa de projeção da mente.

Por mais que a estafa e a doença se manifestem aos cinco sentidos,

elas não são a Imagem Verdadeira da Vida do homem.

Diante da Imagem Verdadeira da Vida,

a doença nada mais é que um pesadelo momentâneo.

Quem deseja recuperar a saúde

deve compreender que "o homem é Filho de Deus"

e que "a doença inexiste".


Curar a doença nada mais é do que manifestar o homem-Deus;

o ser originariamente perfeito.

Avança além da convicção "homem Filho-de-Deus"

e alcança a convicção "homem-Deus".

Para o homem-Deus não existe doença.

No homem-Deus atua unicamente a lei de Deus.

Porque Deus é Amor, a lei do castigo não pode te atingir.

Porque Deus é Vida, a lei da morte não pode te atingir.

Porque Deus é Sabedoria,

e Porque Sabedoria ajusta todos os seres do Universo em seu respectivo lugar,

no homem-Deus não pode existir desarmonia de espécie alguma.

Não existindo desarmonia, não existe doença.

Tu, que és homem-Deus, não temas a doença.

A doença nada mais é que materialização do temor;

quando se desaparece o temor, desaparece a doença.


"Sombra de que ilusão mental será esta doença?"

não procures assim identificar a ilusão.

Sendo a ilusão originariamente inexistente,

a "sombra da ilusão" também é inexistente.

"Consequência de que pecado será esta doença?"

não procures assim identificar o tipo de pecado.

Sendo o pecado originariamente inexistente,

é também inexistente o tipo de pecado.

Não deves investigar o que não existe.


A Imagem Verdadeira de tua Vida é Deus,

é o ser eterno,

é o ser diamantino,

é o ser indestrutível,

é o ser búdico, originariamente harmônico e perfeito.

Onde a ilusão?

Onde o pecado?

Onde a impureza?


"Graças! Compreendi muitas verdades!"

quem assim diz identificando pecados e ilusões,

afasta-se da iluminação espiritual,

ao invés de alcançá-la.

Isso é o mesmo que ater-se à treva esquecendo-se da luz.


Pecado, ilusão e doença

não passam de um sonho momentâneo, portanto "nada".

A lei da causalidade também não passa de um sonho efêmero.


O ser absolutamente imaculado, perfeito e harmônico

que transcende a causalidade e que está acima dos sofrimentos cármicos -

eis a Imagem Verdadeira de tua Vida.


Não fiques desnorteado ante o pecado.

Não fiques desnorteado ante a ilusão.

Não fiques desnorteado ante a doença.

Salta para o céu, ultrapassando o limite de tuas possibilidades.


Mais que isso: deves passear no céu.

O homem-Deus que passeia no céu é a Imagem Verdadeira de tua Vida.

Além da Imagem Verdadeira não existe o teu Eu verdadeiro.

Embora o corpo pareça existir, ele é apenas projeção de ondas mentais.

O homem verdadeiro é homem-Deus absolutamente puro, absolutamente perfeito.

Conscientiza diretamente o homem-Deus.

Quando conscientizares o homem-Deus

e eliminares a ilusão de pecado, doença e morte,

teu medo se extinguirá e tua doença desaparecerá por completo.

(continua...)

Um comentário:

Cris disse...

Oi, Guguzito!

tem muita coisa nova a´qui , hein?

Não pude ver na madruga nesse findi, como te falei, mas vou olhar em casa, bem com calma, tá?

E fico muito feliz que esteja com a corda toda, seu blog é ótimo!

Bjinho!