"MAIOR É O QUE ESTÁ EM VÓS DO QUE O QUE ESTÁ NO MUNDO." (I JOÃO 4:4)

sábado, julho 14, 2007

A Árvore dos Desejos

O que vou postar, agora, trata-se de um assunto muito falado atualmente: a lei da atração. Esse post foi um e-mail que recebi de alguns amigos. Ele não é novo; faz um tempo que ele já estava correndo na net. Mas em homenagem à lei da atração, vou postá-lo. Apenas lembrem-se, pessoal, que o ensinamento da lei da atração não é o verdadeiro segredo. Existem coisas muito mais importantes do que obter todas as coisas materiais que se deseja. Mas, sobre isso, eu vou escrever mais tarde. Ao post, então!


No conceito Védico indiano, o Paraíso é composto por Árvores dos Desejos. Basta alguém sentar debaixo de uma delas e desejar qualquer coisa, que imediatamenteo desejo se realizará, sem intervalo de tempo entre o desejo e a realização.

Conta uma velha lenda que, certa vez um homem estava viajando e acidentalmente, sentou-se embaixo de uma dessas Árvores dos Desejos. Sem nada saber sobre isso, e dominado pelo cansaço, o homem pegou no sono, à sombra de sua frondosa copa.Quando despertou estava com muita fome, e então disse: - Estou com tanta fome! Ah, como eu desejaria conseguir alguma comida agora! E imediatamente apareceu um prato de comida à sua frente, vinda do nada, simplesmente uma deliciosa comida, flutuando no ar.

Ele estava tão faminto que não prestou atenção de onde viera a comida. Começou a comê-la assim que a viu. Somente depois que sua fome foi saciada é que voltou a olhar ao redor. Outro pensamento surgiu em sua mente: - Se ao menos eu conseguisse algo para beber...
Imediatamente apareceram excelentes sucos e vinhos. Bebendo e relaxando na brisa fresca, sob a sombra da árvore, o homem começou a pensar: - O que está acontecendo? O que está havendo? Estou sonhando ou existem espíritos ao meu redor que estão fazendo truques comigo?

E diversos espíritos apareceram.O homem começou a tremer e novamente um pensamento surgiu em sua mente: - Serão esses espíritos perigosos?... Logo os espíritos se tornaram nauseantes, ferozes e começaram a fazer gestos ameaçadores para ele. - Ai, meu Deus! Agora certamente eles vão me matar! E assim aconteceu...

Esta parábola tem apenas um significado: sua mente é a Árvore dos Desejos, e o que você pensa,mais cedo ou mais tarde, há de se realizar.Às vezes o intervalo entre o pensamento e o acontecimento é tão grande que nos esquecemos completamente que, de alguma maneira,desejamos o ocorrido. Mas, se olharmos profundamente, perceberemos que todos os nossos pensamentos, desejos, medos e receios estão criando nossas vidas.Eles criam nosso inferno ou nosso paraíso, criam nosso tormento ou nossa alegria.

Todos nós temos mentes "mágicas" capazes de manifestar externamente nossos desejos e pensamentos. Estamos fiando a trama de nossas vidas, tecendo o mundo dentro e fora de nós, sem ao menos termos consciência disso. Sua vida está em suas mãos.Você pode escolher transformá-la num inferno ou num paraíso. A responsabilidade é toda sua. Isso depende somente de você!




Que tal uma reflexão nesse momento?Você já havia percebido que muitas experiências e situações vivenciadas em sua vida tinham correlação com algo que você havia desejado ou imaginado? Infelizmente vivemos tão desatentos e preocupados com nossa rotina de afazeres, que provavelmente não conseguimos observar essa Lei de Ação e Reação agindo em nossas vidas...

Queremos ser felizes, prósperos e saudáveis, mas concentramos nossa atenção em todo tipo de medos e situações destrutivas. Temos medo da solidão, de contrairmos uma doença grave, de não podermos pagar nossas contas. O tempo todo pensamos e nos preocupamos com coisas que não queremos! Imaginamos acidentes, assaltos e cenas de violência, conosco ou nossos queridos e depois, quando essas coisas acontecem, nos sentimos desorientados, culpamos as pessoas,o destino, o karma e a falta de sorte.

Achamos a vida injusta e cruel, quando tudo o que ela está fazendo, é devolvendo o mal criado por nossas intenções, crenças e expectativas negativas!Cada um cria sua própria realidade, à partir do que pensa e imagina, fala e deseja. Esses são poderosos comandos que acionam o PODER CO-CRIADOR de nossa mente. Devemos entender que a função da mente não é avaliar se esses comandos são positivos ou negativos. Ela apenas os executará automaticamente, pois essa é a função dela. E o tempo para sua manifestação, dependerá da intensidade e freqüência com que ela recebe esses comandos. Um dos motivos pelo qual estamos nete mundo é para desenvolver a capacidade de nos tornarmos Co-criadores Conscientes. Somos aprendizes! E para isso precisamos aprender os segredos deste maravilhoso instrumento que é a mente. Nela reside o Poder Magnético da Atração e Manifestação, o mesmo Poder que criou o Universo e que nos torna semelhantes a Deus. Nosso destino é nos tornarmos como Ele, seres Perfeitos e Criadores.

Quando o Poder de nossa mente não é dirigido pela vontade amorosa e iluminada pela consciência, ele é comandado por nosso subconsciente, por obscuras forças na forma de mecanismos sabotadores e torturadores, falsas crenças, conceitos e valores distorcidos sobre a vida, sobre nós, sobre nossos merecimentos. Assim, se não acreditarmos que merecemos uma vida plena de amor e de suprimentos, saúde e bem estar, nenhuma força do universo poderá nos ajudar!

Ninguém está acima da Lei de Causa e Efeito e esta lei divina decreta que nós temos o livre arbítrio. Escolher tornar-se um Co-criador consciente depende só de você. Mas, na prática, por onde começar? É necessário trilhar o caminho do autoconhecimento, e expandir a consciência de si. Comece observando, por exemplo, o quanto você é dominado pela crença do “não merecimento!” Saiba que os sentimentos de culpa são responsáveis por esse tipo de crença, pelas preocupações e imaginações daquilo que não queremos, como forma de nos punir e torturar. Então faça as pazes com você mesmo.

Perdoe todos os seus erros e falhas do passado. Ame-se. Aceite-se. Respeite-se. Valorize-se.Proteja-se dos pensamentos negativos e controle o uso da sua imaginação. Acredite-se merecedor de todas as coisas boas deste mundo. Visualize-se pleno de saúde e bem estar, rodeado de fartura e de amor. Espere por essas coisas. Agradeça à Vida como se já as tivesse recebido. Aprenda sobre a força das “afirmações” e vigie muito bem as suas palavras, que têm uma força tremenda. São elas que ajudam a atrair e a manifestar nossos desejos no mundo físico. São o “abracadabra” da fortuna e do infortúnio!

Ouse explorar as profundas dimensões de sua mente. E torne-se capaz de transformar sua vida, superar dificuldades e limitações mudar sua sorte, vencer problemas gigantescos, curar qualquer doença, atrair relacionamentos satisfatórios, prosperidade e abundância para a sua vida! Lembre-se: você está sentado sobre a sua Árvore do Desejo e pode começar a viver no paraíso...Agora!
_______________________________
Texto: Osho (parábola)

4 comentários:

Mizi disse...

As vezes eu entendo o porque que você gosta tanto de Osho. Ele fala exatamente o que as pessoas querem ouvir. Não estou falando mal dele, não... Ele está certíssimo (creio que ele conhecia de verdade o segredo, mas tratava de falar de uma forma que fosse mais proveitoso às pessoas comuns, pra que elas pudessem tirar proveito de alguma forma). O problema disso é que dá vazão a entendimentos deturpados. As pessoas, em geral, têm pensamento limitado. Cuidado com tais entendimentos. Você não é uma pessoa "comum" e deve ir além pra perceber a Verdade. E percebendo-a, ser luz para demais pessoas.

Como você mesmo disse:
"Ninguém está acima da Lei de Causa e Efeito e esta lei divina decreta que nós temos o livre arbítrio."

Conheça quem está acima de tal lei, mas não a rompe, pois é autor dela. Conheça a lei da causa e do efeito, e perceba que não tem relação direta com o pensamento (apenas indireta). Conheça seu livre arbítrio e verá que realmente é causador tanto do seu sucesso quanto da sua desgraça. Mas tenha consciência de que ser o causador não significa ser a fonte dos efeitos.

Só digo uma coisa, se toda vez que eu pensasse algo "ruim" ou sentisse "algo indevido", Eu e muitas das pessoas que amo estatariam mortas no mínimo umas SETE vezes.

Você pode até achar que o seu pensamento é alguma coisa importante (pura vaidade do ego), mas ele também não passa de ilusão. Você pode até utilizar da sua mente pra entender esse segredo, mas ele sempre estará um passo a frente da sua mente. A única forma de chegar lá é despir-se das vestes ilusórias e deixar o espírito seguir para seu conhecimento reto.

Não existem "mentes mágicas", nem vontades possantes diversas da Vontade que É. A realidade só não parece tão ordinária e ilusória quanto é porque a Verdade habita nela.

Não se entende a Verdade, a gente a aceita. Não se compreende mentalmente a Deus, a gente o sente e o ama.

Conheça o verdadeiro segredo por trás do segredo, e ele o libertará.

O Verdadeiro segredo é a Verdade, pois é a única que liberta. E por ser a única, não tenho outra a lhe apresentar que não seja essa.


Bom, Gugu... Se você não fosse capaz de interiorizar isso, eu nunca estaria falando isso, pois com certeza seria mal interpretado. Mas acho que essa parte você já superou com grande habilidade. Tiro o chapéu pra você. Seu comentário sobre a historinha de Osho é brilhante, mas poderia estar mais próxima ainda da Verdade (embora não possa nunca alcançá-la).

Obs: Isso soou prepotente? Ah... sei lá... Talvez sim... talvez não... Mas eu não me excluo das coisas que eu mesmo disse. Tudo depende da forma como vc enxerga... "Não há como colocar vinho novo em odre velho". O Odre se romperia e derramaria o vinho. Para ser Novo, seja novo por inteiro.

Abraços!!

Gugu disse...

Vlw, mizi.
Agradeço a preocupação/conselho.

Mas o comentário da parábola não é meu. Esse post inteiro é um e-mail que eu recebi pela internet.

E, mais uma vez devo dizer que suas impressões sobre o Osho estão totalmente erradas. O Osho é um mestre da meditação. É raro ele falar em assuntos como poder da mente ou outros assuntos que exaltem o ego humano.

Mas ressaltando, pra colocar esse post aqui no blog, eu só tive o trabalho de copiar e colar.

Vlw!

Anônimo disse...

teste

Cris disse...

Gugu...
gostei muito do post.
Vou usar muito esta parte aqui:

Perdoe todos os seus erros e falhas do passado. Ame-se. Aceite-se. Respeite-se. Valorize-se.Proteja-se dos pensamentos negativos e controle o uso da sua imaginação. Acredite-se merecedor de todas as coisas boas deste mundo.

Porque muitas vezes penso, mesmo em nível inconsciente, que não merço algo.Tbém tenho lido bastante sobre a lei da atração, que eu já conhecia, com outro nome, e vi que sempre sou o pricipal obstáculo a meus desejos.

beijocas.