"MAIOR É O QUE ESTÁ EM VÓS DO QUE O QUE ESTÁ NO MUNDO." (I JOÃO 4:4)

domingo, novembro 22, 2009

Consciência em contemplação é Substância em ação!


Dárcio Dezolt


Quando Jesus disse: “Aquele que permanecer em mim dará frutos”, estava revelando que toda Verdade que nos passava já era verdadeira para todos nós desde sempre. Os condicionamentos da ilusória mente humana não são poder! Não existe nenhuma Verdade que se tornará verdadeira para alguém em algum tempo futuro! O tempo não existe! A mente dividida, ilusoriamente, em passado, presente e futuro é a mente que não recebemos de Deus. “Temos a mente de Cristo”. Reconheça esta Mente como sendo a sua, e a única em atividade como o seu ser individual. Contemple em VOCÊ MESMO a veracidade de todas as falas de Jesus! Ele não falava como Jesus pessoal! Falava como o Cristo em unidade com o Pai! O Cristo em VOCÊ está em mesmíssima condição! “Eu e o Pai somos um” – eis a Verdade eterna! Aceite-a, e contemple-a!

Marie S. Watts disse o seguinte:

“A Consciência que você é, é a própria Essência e Atividade de toda e qualquer Verdade que você contempla. Consciência realmente é Substância. A Consciência em contemplação é Substância em ação. E a Substância em ação é a própria Evidência da Verdade que você percebe.”

Contemple a frase “Eu e o Pai somos um” dessa maneira, discernindo que a SUA Consciência, contemplando esta UNIDADE, é a própria Substância ATIVA dessa UNIDADE, A EVIDÊNCIA EM SI DESSA VERDADE ABSOLUTA.

4 comentários:

Gugu disse...

Explicando o post:

Este texto pode ser difícil de entender. Muitas pessoas podem achá-lo "denso", "pesado" ou muito "abstrato" para suas compreensões.

A frase que destaca o texto é: "CONSCIÊNCIA EM CONTEMPLAÇÃO É SUBSTÂNCIA EM AÇÃO". A primeira coisa que temos que estar cientes, para podermos entender as palavras do texto, é que "Consciência é Substância". A Consciência é a substância de tudo o que existe.

Por exemplo: você está olhando para uma casa. Qual é a substância desta casa (A verdadeira substância, e não a mera substância material.)? Alguns poderiam responder "a substância da casa são os elementos com os quais ela foi construída: tijolos, pedra, cimento, areia, etc.". Do ponto de vista material, esses elementos são a substância da casa. Mas então... qual a substância dos tijolos, da pedra, do cimento e da areia? Então outra pessoa poderia respoder: "a terra! E, no caso do cimento, também a água!". Vamos mais a fundo, então. E qual é a substância da terra e da água? "São as moléculas invisíveis, átomos, a energia, etc.", alguém também poderia responder assim. E qual é a substância de todas essas coisas (a molécula, o átomo, a energia indivisível...), qual é a substância de todas as coisas existentes? É a Consciência.

Tudo o que existe, emerge/surge/provém da consciência. Aquela casa que você estava olhando possui como substância a Consciência da pessoa que a está olhando (no caso, você!). Todas as coisas surgem na consciências, porque estão na consciência e são feitas de consciência.

O componente, a substância mais básica de tudo que existe fenomenicamente/materialmente é a Consciência. Não é a energia indivisível, ela. Mesmo a energia indivisível existe na Consciência.

Tudo o que você vê, todas as coisas e pessoas que existem no seu mundo - o seu próprio mundo! - existem por ausa da Consciência que você é. Se a sua Consciência não estivesse presente, eles não existiriam. Se Sua Consciência sumisse, tudo o que aparece dentro dela sumiria no mesmo instante. Portanto, o primeiro ponto importante para a compreensão deste texto é que "A CONSCIÊNCIA É SUBSTÂNCIA".

Gugu disse...

Tudo o que a Consciência vê, ela é! A Consciência mantém uma relação de UNIDADE com tudo o que existe dentro dela. As pessoas pensam que elas existem no mundo, pensam que elas são corpos de "carne e ossos", e esses corpos existem dentro do planeta em que vivemos. Mas essa visão é uma visão mental, e não espiritual. A Visão espiritual é consciencial. Pela visão consciencial, o homem passará a perceber que tudo aquilo que ele vê existe dentro de sua Consciência. A Consciência é como a tela da televisão, onde todas as coisas aparecem. Se a tela da TV estiver mostrando a cena do planeta Terra visto do espaço, então, o planeta terra inteiro estará dentro da pequena "tela" da televisão. Com a Consciência que somos ocorre o mesmo: o mundo inteiro existe dentro de nossa consciência, inclusive o nosso corpo material. Não somos o corpo material, somos a Consciência. Nosso corpo carnal é tão nosso como o corpo carnal do nosso próximo, porque ambos aparecem na mesma Consciência. Pelo fato de a Consciência manter uma relação de Unidade com todas as coisas que estão nela, então tudo é UM.

Se eu desejo saúde, então essa saúde já existe. Talvez não exista no mundo, mas ela existe na Consciência que sou, e, por isso, já sou UNO com a saúde que eu busco. Se eu compreender isso, logo compreenderei também que não é necessário a mim buscar essa saúde - Eu já a sou. Tudo o que é contemplado pela Consciência é encontrado - pelo fato da coisa contemplada já existir.

A Consciência só pode ver ou perceber algo em razão de um único motivo: ela é é UM com esse algo. Se você viu uma casa, a casa só pôde ser vista porque ela e sua Consciência são UM. Se as pessoas que você conhece existem, elas só existem porque todas são UNAS com a sua Consciência. E, se o seu corpo e o seu próprio ser existe, se você é capaz de percebê-lo, é porque todo o seu ser é UM com a mesma Consciência. Em razão disso, concluímos: só há uma Consciência, que é UM com todas as coisas existentes. Essa Consciência, infinita, invisível, imaterial, é DEUS. E nós somos UM com ELE.

Gugu disse...

"A CONSCIÊNCIA EM CONTEMPLAÇÃO É SUBSTÂNCIA EM AÇÃO" - Tudo o que for contemplado pela Consciência, aparecerá, porque já existe e porque é UM com ela. Assim, quando a Consciência contempla um objeto, ela está na verdade contemplando a Si mesma, exercendo uma ação sobre Si mesma. Ela é a própria Substância do objeto contemplado e, ao contemplá-lo, põe-se em atividade\ação de "reconhecer a existência" do próprio objeto que está sendo contemplado (ou seja, de Si mesma).

A Consciência é a Substância de toda existência, de todas as pessoas, coisas e fatos. Tudo é um. E tudo o que, por meio da "Subatância em ação", surgir na sua percepção será a EVIDÊNCIA da "própria Consciência que contempla". Porque tudo é UM, porque, "não há outro além de MIM".

Anônimo disse...

É como se todas as possibilidades existem simultâneamente, parece a compreensão Quântica sobre o microcosmos... O que pensas a respeito da teoria de multi-Universos? de termos a nós mesmos, vivendo em infinitas possibilidades distintas simultêneamente? sendo o tempo uma mera ilusão, e todas as coisas estarem acontecendo no AGORA.